domingo, 14 de outubro de 2012

Escrava Isaura (1976/1977)

No dia 11 de outubro de 1976, há exatos 36 anos, foi ao ar o primeiro capítulo de um dos maiores clássicos da teledramaturgia brasileira: "Escrava Isaura".
 Graças ao lançamento da novela em DVD pude assistir a esta belíssima e comovente história. Belíssima em todos os sentidos, da qualidade da imagem até o mais simples objeto da cenografia passando pelos figurinos e maquiagem. Tudo perfeito! Isso sem falar do excelente trabalhos dos atores e dos técnicos envolvidos. 
"Escrava Isaura" é uma telenovela baseada na obra literária "A Escrava Isaura", de Bernardo Guimarães, cuja trama central é obsessão de um senhor de engenho por sua escrava branca.
Seria interessante para quem não comprou o DVD "Escrava Isaura" se ela fosse reprisada no canal Viva ou ganhasse um resumo no Novelão do Vídeo Show.
"Escrava Isaura" foi escrita por Gilberto Braga e dirigida por Herval Rossano e Milton Gonçalves. Exibida entre 11 de outubro de 1976 e 5 de fevereiro de 1977 com 100 capítulos no horário das 18 horas. 
Isaura (Lucélia Santos) é uma escrava branca que foi educada por sua senhora e madrinha Ester (Beatriz Lyra) como se fosse uma moça da corte. Leôncio (Rubens de Falco), filho de Ester e do Comendador Almeida (Gilberto Martinho), se apaixona por Isaura, mas seu amor não é correspondido pela moça. 
A partir daí Leôncio faz de tudo para conquistar Isaura usando seu poder senhor. Mesmo assim, Isaura resiste fortemente. Depois da morte de Ester, Leôncio passa a administrar os negócios do engenho, tornando a vida de Isaura um verdadeiro inferno. Quem sempre ajuda Isaura é Januária (Zeny Pereira), a cozinheira da fazenda. Além das maldades de Leôncio, Isaura enfrenta as intrigas de Rosa (Léa Garcia), uma escrava invejosa. Certo dia, Isaura conhece Tobias (Roberto Pirillo) e ambos se apaixonam. Quando descobre o romance entre Isaura e Tobias, Leôncio trama a morte do rapaz, mas por acidente acaba matando também sua esposa, Malvina (Norma Blum), que entra na cena do crime antes de ser incendiada. Isaura fica arrasada com a morte do amado.
O bom moço Tobias.

André e Santa: casal feliz
Miguel (Átila Iório), pai de Isaura, cuja a identidade ela havia descoberto há pouco tempo, decide comprá-la para lhe dar a tão sonhada liberdade, mas Leôncio se nega a vendê-la. Sem saída, Miguel e Isaura decidem fugir na companhia de Santa (Maria das Graças) e André (Haroldo de Oliveira), também escravos de Leôncio.

Álvaro e Isaura no baile.
Para não ser descoberta, Isaura assume a identidade de Elvira em Barbacena (MG). E é lá que ela conhece o abolicionista Álvaro (Edwin Luisi) por quem se apaixona perdidamente, mas esconde sua verdadeira identidade. Em uma das cenas mais marcantes da novela, Isaura é desmascarada em um baile acompanhada por Álvaro.

Léa  Garcia, a grande vilã Rosa.
No final da novela, Leôncio comete suicídio depois de descobrir que está falido. Quem também morre é Rosa, que acidentalmente toma um drinque envenenado, que a princípio ela havia preparado para Isaura.
Destaque também na trama para a atriz Zeny Pereira, a Januária, divertida cozinheira da fazenda sem papas na língua, que fazia de tudo para ajudar Isaura contra a tirania de Leôncio.
A Inesquecível Januária.

Elenco:

Lucélia Santos - Isaura/Elvira
Rubens de Falco - Leôncio
Edwin Luisi - Álvaro
Léa Garcia - Rosa
Gilberto Martinho - Comendador Almeida
Roberto Pirillo - Tobias
Norma Blum - Malvina
Mário Cardoso - Henrique
Haroldo de Oliveira - André
Isaac Bardavid - Francisco
Zeny Pereira - Januária
Beatriz Lyra - Ester
Átila Iório - Miguel
Elisa Fernandes - Taís
Dary Reis - Conselheiro Fontoura
Maria das Graças - Santa
Ângela Leal - Carmem
Ítalo Rossi - José
Francisco Dantas - Sr. Matoso
Myrian Rios - Aninha Matoso
Carlos Duval - Beltrão
André Valli - Martinho
Clarisse Abujamra - Lúcia
José Maria Monteiro - Capitão Andrade
Gilda Sarmento - Carolina
Ary Coslov - Geraldo
Neuza Borges - Rita
Edyr de Castro - Ana
Lady Francisco - Juliana
Amíris Veronese - Alba
Ana Maria Grova - Eneide
Almeida Santos - Jaime
Aguinaldo Rocha - Dr. Alceu
Nena Ainhorem - Lucíola
Mário Polimeno - Palhares
Marlene Figueiró - Leonor
Alexandre Lambert - Geraldo
Joyce de Oliveira
Lídia Iório
Janser Barreto - Leôncio (criança)
Dudu Moraes
Joel Silva
Hilda Reis
Ana Lúcia Torre
Henriette Morineau - Mme. Madeleine Besançon
Marcos Frota - Eurípedes


Trilha Sonora


1. Prisioneira - Elizeth Cardoso
2. Amor Sem Medo - Francis Hime
3. Retirantes - Dorival Caymmi
4. Nanã - Orquestra Som Livre
5. Banzo - Tincoãs
6. Mãe Preta - Coral Som Livre



DVD "Escrava Isaura"

(Da esquerda para a direita) - Em cena: Leôncio, Malvina, Januária e Henrique.
Novelas que Estavam no Ar na Época:

"Estúpido Cupido" -
Novela das Sete em 1976/1977
"Duas Vidas" -
Novela das Oito em 1976/1977












4 comentários:

  1. Essas sim eram novelas de verdade, e não as de hoje!

    ResponderExcluir
  2. será que vc poderia postar uma foto da isaura de vestido azul de corpo intero e com a cruz no pescoço
    gostaria de ter essa foto no meu face. se for possivel eu agradeço.

    ResponderExcluir
  3. ai sim heim quero rever essas novelas...

    ResponderExcluir
  4. curto bué a escrava Isaura o seu exemplo

    ResponderExcluir