domingo, 14 de outubro de 2012

Escrava Isaura (1976/1977)

No dia 11 de outubro de 1976, há exatos 36 anos, foi ao ar o primeiro capítulo de um dos maiores clássicos da teledramaturgia brasileira: "Escrava Isaura".
 Graças ao lançamento da novela em DVD pude assistir a esta belíssima e comovente história. Belíssima em todos os sentidos, da qualidade da imagem até o mais simples objeto da cenografia passando pelos figurinos e maquiagem. Tudo perfeito! Isso sem falar do excelente trabalhos dos atores e dos técnicos envolvidos. 
"Escrava Isaura" é uma telenovela baseada na obra literária "A Escrava Isaura", de Bernardo Guimarães, cuja trama central é obsessão de um senhor de engenho por sua escrava branca.
Seria interessante para quem não comprou o DVD "Escrava Isaura" se ela fosse reprisada no canal Viva ou ganhasse um resumo no Novelão do Vídeo Show.
"Escrava Isaura" foi escrita por Gilberto Braga e dirigida por Herval Rossano e Milton Gonçalves. Exibida entre 11 de outubro de 1976 e 5 de fevereiro de 1977 com 100 capítulos no horário das 18 horas. 
Isaura (Lucélia Santos) é uma escrava branca que foi educada por sua senhora e madrinha Ester (Beatriz Lyra) como se fosse uma moça da corte. Leôncio (Rubens de Falco), filho de Ester e do Comendador Almeida (Gilberto Martinho), se apaixona por Isaura, mas seu amor não é correspondido pela moça. 
A partir daí Leôncio faz de tudo para conquistar Isaura usando seu poder senhor. Mesmo assim, Isaura resiste fortemente. Depois da morte de Ester, Leôncio passa a administrar os negócios do engenho, tornando a vida de Isaura um verdadeiro inferno. Quem sempre ajuda Isaura é Januária (Zeny Pereira), a cozinheira da fazenda. Além das maldades de Leôncio, Isaura enfrenta as intrigas de Rosa (Léa Garcia), uma escrava invejosa. Certo dia, Isaura conhece Tobias (Roberto Pirillo) e ambos se apaixonam. Quando descobre o romance entre Isaura e Tobias, Leôncio trama a morte do rapaz, mas por acidente acaba matando também sua esposa, Malvina (Norma Blum), que entra na cena do crime antes de ser incendiada. Isaura fica arrasada com a morte do amado.
O bom moço Tobias.

André e Santa: casal feliz
Miguel (Átila Iório), pai de Isaura, cuja a identidade ela havia descoberto há pouco tempo, decide comprá-la para lhe dar a tão sonhada liberdade, mas Leôncio se nega a vendê-la. Sem saída, Miguel e Isaura decidem fugir na companhia de Santa (Maria das Graças) e André (Haroldo de Oliveira), também escravos de Leôncio.

Álvaro e Isaura no baile.
Para não ser descoberta, Isaura assume a identidade de Elvira em Barbacena (MG). E é lá que ela conhece o abolicionista Álvaro (Edwin Luisi) por quem se apaixona perdidamente, mas esconde sua verdadeira identidade. Em uma das cenas mais marcantes da novela, Isaura é desmascarada em um baile acompanhada por Álvaro.

Léa  Garcia, a grande vilã Rosa.
No final da novela, Leôncio comete suicídio depois de descobrir que está falido. Quem também morre é Rosa, que acidentalmente toma um drinque envenenado, que a princípio ela havia preparado para Isaura.
Destaque também na trama para a atriz Zeny Pereira, a Januária, divertida cozinheira da fazenda sem papas na língua, que fazia de tudo para ajudar Isaura contra a tirania de Leôncio.
A Inesquecível Januária.

Elenco:

Lucélia Santos - Isaura/Elvira
Rubens de Falco - Leôncio
Edwin Luisi - Álvaro
Léa Garcia - Rosa
Gilberto Martinho - Comendador Almeida
Roberto Pirillo - Tobias
Norma Blum - Malvina
Mário Cardoso - Henrique
Haroldo de Oliveira - André
Isaac Bardavid - Francisco
Zeny Pereira - Januária
Beatriz Lyra - Ester
Átila Iório - Miguel
Elisa Fernandes - Taís
Dary Reis - Conselheiro Fontoura
Maria das Graças - Santa
Ângela Leal - Carmem
Ítalo Rossi - José
Francisco Dantas - Sr. Matoso
Myrian Rios - Aninha Matoso
Carlos Duval - Beltrão
André Valli - Martinho
Clarisse Abujamra - Lúcia
José Maria Monteiro - Capitão Andrade
Gilda Sarmento - Carolina
Ary Coslov - Geraldo
Neuza Borges - Rita
Edyr de Castro - Ana
Lady Francisco - Juliana
Amíris Veronese - Alba
Ana Maria Grova - Eneide
Almeida Santos - Jaime
Aguinaldo Rocha - Dr. Alceu
Nena Ainhorem - Lucíola
Mário Polimeno - Palhares
Marlene Figueiró - Leonor
Alexandre Lambert - Geraldo
Joyce de Oliveira
Lídia Iório
Janser Barreto - Leôncio (criança)
Dudu Moraes
Joel Silva
Hilda Reis
Ana Lúcia Torre
Henriette Morineau - Mme. Madeleine Besançon
Marcos Frota - Eurípedes


Trilha Sonora


1. Prisioneira - Elizeth Cardoso
2. Amor Sem Medo - Francis Hime
3. Retirantes - Dorival Caymmi
4. Nanã - Orquestra Som Livre
5. Banzo - Tincoãs
6. Mãe Preta - Coral Som Livre



DVD "Escrava Isaura"

(Da esquerda para a direita) - Em cena: Leôncio, Malvina, Januária e Henrique.
Novelas que Estavam no Ar na Época:

"Estúpido Cupido" -
Novela das Sete em 1976/1977
"Duas Vidas" -
Novela das Oito em 1976/1977












8 comentários:

  1. Essas sim eram novelas de verdade, e não as de hoje!

    ResponderExcluir
  2. será que vc poderia postar uma foto da isaura de vestido azul de corpo intero e com a cruz no pescoço
    gostaria de ter essa foto no meu face. se for possivel eu agradeço.

    ResponderExcluir
  3. ai sim heim quero rever essas novelas...

    ResponderExcluir
  4. curto bué a escrava Isaura o seu exemplo

    ResponderExcluir
  5. Novela que fez hitsória na TV brasileira, e assisto a reprise da versão de 2004 no Fox Life.

    ResponderExcluir
  6. essa epoca que tinha novelas maravilhosas que saudade......

    ResponderExcluir
  7. Novela clássica! Não se faz mais novelas como essa nos dias atuais, infelizmente...

    ResponderExcluir
  8. Porque nunca reprisaram a novela escrava ISAURA em vale a pena ver de novo , seria o maior sucesso !!!

    ResponderExcluir